6.11.17

Noiva até sexta, de Catherine Bybee

Júlia Raquel
Gwen Harrison está à frente dos negócios da Alliance e morando na Califórnia. Após o casamento de Eliza, no livro anterior, a britânica assumiu a empresa da cunhada e continua a fantasiar um romance com o guarda costas da família, Neil MacBain.

Noiva até sexta | Catherine Bybee | 280 páginas | Gênero romance | Editora Verus | Avaliação: 

Nos capítulos narrados pelo ex fuzileiro percebe-se como é impossível para ele negar a atração por Gwen, mas ela é a cliente e manter distância é fundamental. O que o homem não imaginava é uma ameaça do passado pronta para atacar e usar a garota dos seus sonhos como isca.

A jovem Harrison está no meio do fogo cruzado e cabe a McBain decidir o que fazer. Ele deve salvar a própria vida? A carreira? Ou a mulher que conseguiu adentrar em seu tão fechado coração? Além disso, será mesmo que os perigos são reais ou apenas lembranças de uma mente corrompida pela guerra?

A cada volume de Noivas da semana eu penso “Uau, esse foi o melhor!”, mas sou surpreendida novamente quando começo a leitura da sequência. Sim, até o momento Noiva até sexta é a melhor história e vou explicar o porquê.

Neste terceiro livro temos duas histórias acontecendo. O relacionamento (não disso do que) entre Gwen e Neil, e o começo de um contrato para Karen, a amiga das meninas. Achei fantástico introduzirem mais dessa personagem antes da obra exclusiva para ela, que será o próximo, Solteira até sábado.

Este também é recheado de ação e aposto dizer que muito mais que nos volumes anteriores. Há cenas de tirar o fôlego! E quando a bomba começar a estourar fica quase impossível largar as páginas até virar à última.

Porém, como vem acontecendo durante toda a série, eu matei a charada da história. Não sei se a escrita da Catherine é previsível ou eu muito ligada nas entrelinhas. Mas posso garantir que mesmo ciente do que estava por acontecer foi uma leitura maravilhosa.

Noiva até sexta é uma leitura rápida, gostosa e com partes mais picantes que os antecessores. A escrita da autora Catherine Bybbe continua leve e viciante, o que só me deixa ainda mais ansiosa pelo restante da série. Só vem “Solteira até sábado”!

Continue Lendo
Luna Literária • 2017 Ilustração: Matheus Izaldo | Feito com amor por: Lariz Santana