15.11.17

Novembro 9, de Colleen Hoover

Júlia Raquel
Novembro 9 | Colleen Hoover | 352 páginas | Gênero romance | Editora Galera Record | Avaliação: 

Fallon conhece Ben em uma situação nada agradável: um jantar com o pai. O que você não sabe é que o relacionamento entre ambos é péssimo, baseado no fato que ele esqueceu a filha no andar de cima, no momento em que a casa estava em chamas. Se isso não bastasse, ele joga a todo o momento na cara da garota que ela não tem mais chance alguma de continuar na carreira de atriz, pois sua aparência não é mais a mesma.

É em um momento de total humilhação que o jovem Ben aparece na mesa do restaurante e diz ser o namorado da garota. Agora, imagine o pânico de um total desconhecido interferir assim na sua vida. Passado o susto, Fallon percebe a química que está no ar e resolve dar uma chance para conhecer o jovem escritor. É assim que o casal acaba passando todo o dia juntos.

Mas, o destino não é tão bom assim com as pessoas. Acontece que Fallon está de mudança para Nova York e o que resta desse encontro são apenas algumas horas. O medo de perder a oportunidade de uma chama de paixão, ou amizade, somado a curiosidade, é grande e eles prometem se reencontrar em todo o dia 9 de novembro pelos próximos cinco anos. Não há troca de telefones, e-mail ou qualquer tipo de contato. Apenas uma data, um local e um encontro.

Será que essa é uma boa ideia? Muita coisa pode mudar em 365 dias. Novas paixões, planos, amizades e até mesmo personalidades. O que será do casal nos próximos anos? Nessa história, o dia 9 de novembro é marcado pela ansiedade e o desejo do reencontro.

Esse foi o segundo livro que li da CoHo e após terminá-lo cheguei a conclusão: esse é o  melhor livro da autora. Na verdade, Confesse e todos os que ainda não li serão os melhores dela. Simplesmente não há favorito. As histórias são tocantes e marcantes. Você finaliza a leitura, mas ela não vai embora. Sua mente é casa e os pensamentos diálogos. CoHo vive em você por dias após o fim das páginas.

Prepare-se para uma leitura leve, divertida e recheada de drama. Os primeiros 50% da obra são tranquilos, mas com o passar das páginas algumas lágrimas começam a cair. Livro mais que recomendado!


Ficou curioso com a leitura? Me conte nos comentários!
Continue Lendo
Luna Literária • 2017 Ilustração: Matheus Izaldo | Feito com amor por: Lariz Santana