22.12.17

Corte de espinhos e rosas, de Sarah J. Maas

Júlia Raquel
Corte de espinhos e rosas | Sarah J Maas | 434 páginas | Gênero fantasia | Editora Galera record | Avaliação: ❤❤❤❤ | Compre o livro.

Após anos sendo escravizados, os humanos odeiam e temem com todas as forças o reino feérico. Uma muralha foi erguida para separar ambos os mundos, mas a ameaça continua firme e forte. Feéricos sabem tudo o que acontece com os humanos, já esses não fazem a mínima ideia do que esperar do lado de lá.

E, tudo estava assim, até Feyre assassinar um feérico e um tratado ser trazido à tona. Uma vida deveria ser paga por outra. No lugar da morte? A humana poderia ser levada a Prythian e nunca mais retornar para casa.

Vivendo em um lugar desconhecido, temido e odiado, a garota percebe que todas as lendas contadas a ela durante a infância podem estar erradas. A realidade da Corte Primaveril é outra e aqui tudo é lindo.

Inclusive o Grão-senhor responsável por salvá-la, ou amaldiçoá-la, chame como quiser. Tamlin é formidável e gentil, mas precisa conviver diariamente com uma maldição que assola suas terras. Seu rosto é coberto por uma máscara dourada, assim como todos os súditos da Corte Primaveril e não há como quebrar tal maldição. Ao menos é o que todos podem dizer.

É assim, sem ver os rostos, que aos poucos a hostilidade por parte de Feyre dá lugar para uma forte paixão. A bela apaixonou-se pela Fera. A protagonista encontra um lugar onde realmente pode viver feliz, pelo resto de seus dias. Seria uma pena esse reino estar ameaçado e uma antiga sombra avançando a cada dia mais sobre Prythian. Feyre precisa descobrir como quebrar a maldição.

Todo o livro é narrado pela perspectiva da Feyra e é por meio do seu olhar que podemos ver as mudanças na própria vida e até personalidade. Junto dela desbravamos a Corte Primaveril, conhecemos mais sobre este povo e claro, nos apaixonamos por Tamlin. (já li o próximo livro e sei o embuste que o personagem se torna, porém no primeiro volume o meu amor por ele era imenso).

Sarah J Maas apresenta um lugar incrível, com culturas maravilhosas, criaturas adoráveis e outras nem tanto. Tudo é mágico e assim como no mundo de Harry Potter, eu quis viver neste lugar.

Corte de espinhos e rosas é ótimo, mas o mais importante é como ele introduz o leitor na história. A sequência, Corte de névoa e fúria é de tirar o fôlego. Recomendado sim e Sarah J Maas, obrigado por criar esses personagens.

E ai, ficou curioso?
Continue Lendo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luna Literária • 2017 Ilustração: Matheus Izaldo | Feito com amor por: Lariz Santana