12.7.18

Antes que eu vá, de Lauren Oliver

Júlia Raquel


Antes que eu vá
LAUREN OLIVER
384 páginas
Romance
Intrínseca
Onde comprar: Amazon
Avaliação: 5🌟’s

Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento.



Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.




Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente.



O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as conseqüências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.


O amanhã não existe e hoje é o seu último dia, o que você faria? Tentaria recompensar as pessoas que decepcionou? Iria entrar em uma aventura sem medir as consequências? Beijaria a pessoa amada? São muitas as possibilidades. O problema é que você nunca sabe quando o amanhã não vai existir. A não ser que você seja Samantha Kingston.



Sam é a típica garota que possui a vida adolescente perfeita. Ela tem as melhores amigas, está em um grupo super popular e namora o cara mais cobiçado da escola. Mas, em uma noite tudo isso muda.

Sexta-feira, 12 de fevereiro, Valentine’s Day. O namorado vira um escroto, as amigas encaram uma briga e a festa acaba mais cedo para elas. Para Sam, na verdade, o que também termina antes da hora é a própria vida. Sem aviso prévio, sem uma pista, sem conseguir mudar a situação, Samantha morre.

Sexta-feira, 12 de fevereiro, Valetine’s Day. Ela acorda sem saber o que de fato aconteceu. Há lembranças da noite passada, uma festa, muita bebida e pouca diversão. Porém, apenas ela tem essas lembranças. Será que tudo não passou de um sonho?

Sexta-feira, 12 de fevereiro, Valentine’s Day. A ficha cai. Sam finalmente percebe que está vivendo o mesmo dia repetidamente. Mas por quê? Está no céu? Esse é o inferno? Ela tem uma missão? O que precisa ser mudado? Viver o mesmo dia diversas vezes vai mudar a vida e a personalidade dessa garota.

“O que fiz foi realmente tão ruim? Tão ruim que eu merecia morrer por isso? Tão ruim que eu mereça morrer assim? O que eu fiz foi realmente tão pior do que o que todo mundo faz? É realmente pior do que o que você faz? Pense a respeito”.

Como já é de se imaginar, Samantha faz parte do grupo de pessoas que gostam de rir a custa dos outros. Mas para ela isso não é um problema, afinal todo mundo um dia já fez isso, é apenas uma fase que vai passar. Isso é uma das lições dessa obra. Não devemos julgar o outro, brincar com a vida alheia. Pode parecer brincadeira, mas para o indivíduo dói, é sufocante, agonizante. O valor da família também é outro ponto muito explorado. Por ser a típica adolescente, Sam briga com os pais e não suporta a irmã mais nova. Porém, é normal que após perder tudo o que conhecia, as coisas mudam. A velha frase, perder para dar valor.

A autora Lauren Oliver conduziu a estória desse livro de maneira surpreendente. Tudo foi no tempo certo. A escrita é leve e faz o leitor querer mais. Querer saber o que vai acontecer no próximo dia ou até mesmo o motivo pelo qual Samantha está passando por tudo isso. Com personagens cativantes, brilhantes e muito bem desenvolvidos como Juliet Sykes e Ken, a obra escrita, e o filme em, estão mais do que recomendados.

E ai, você ficou curioso com essa obra? Quem já leu, gostou? Até mais!

Continue Lendo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luna Literária • 2017 Ilustração: Matheus Izaldo | Feito com amor por: Lariz Santana