25.9.18

Frases e trechos: Sorte grande

Júlia Raquel
Foto: Luna literária

Sorte grande
Jennifer E. Smith
384 páginas
Jovem adulto
Galera Record 
Sinopse: Desde que perdeu os pais, Alice não acredita na sorte. Mas ela acredita no amor. De seus tios, de seu primo Leo, de seu melhor amigo, Teddy. Quando precisa decidir o que dar a Teddy em seu aniversário de 18 anos, a ideia parece chegar naturalmente: um bilhete de loteria. Com todos os números importantes para ambos: número dos anos que estiveram juntos, datas importantes e endereços marcantes. Quando a combinação se prova vencedora e o menino ganha quase 150 milhões de dólares, os dois se envolvem em um redemoinho de loucuras juvenis, interesseiros e sonhos de infância realizados. Tudo estaria perfeito, não fosse um beijo trocado no auge das comemorações. Um beijo que mudaria tudo. Mas o dinheiro não pode comprar o amor. Mas será que pode dar uma ajudinha?

Os trechos favoritos de hoje são do livro jovem adulto “Sorte grande”, uma leitura leve e divertida. Confira:

🍀 “Não é que você seja uma ilha Alice. Mas continua agindo como uma. E ninguém pode mudar isso a não ser você”.
🍀 “Em minha experiência, famílias são coisas frágeis. E ser parte de uma coisa – ser realmente parte – significa que essa coida pode ser tirada de você. Significa que você tem algo a perder. E eu já perdi coisas demais”.
🍀 “Odeio acreditar que a gente tenha que pagar pelas coisas boas com alguma coisa ruim”.
🍀 “Quando a gente se muda é como se a vida fosse dividida em duas partes. Então, a gente nunca se sente realmente em casa, em nenhum dos dois lugares”.
🍀 “Naquele instante, bem ali, não me sinto mais uma ilha, nem se quer uma península”.
🍀 “É o tipo de beijo dentro do qual você poderia sumir, o tipo com o qual se poderia perder horas, até mesmo dias, e parece que é o que fazemos; parece que estamos ali desde sempre, entrelaçados daquele jeito”.
“Sorte grande” me deixou bem curiosa a ler outros títulos da autora, por isso pergunto a aqueles que já a conhecem, qual me indicam?
Continue Lendo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luna Literária • 2017 Feito com amor por: Lariz Santana