26.12.18

Tarde demais, de Colleen Hoover

Júlia Raquel
Foto: Luna literária

Tarde demais
COLLEEN HOOVER
384 páginas
Romance
Editora Galera Record
Onde comprar? Amazon
Avaliação: 3🌟’s

Para proteger o irmão, Sloan foi ao inferno e fez dele seu lar. Ela está presa em um relacionamento com Asa Jackson, um perigoso traficante, e quanto mais os dias passam, mais parece impossível enxergar uma saída. Imersa em uma casa incontrolável que mais parece um quartel general, rodeada por homens que ela teme e sem um minuto de silêncio, também parece impossível encontrar qualquer motivo para se sentir bem. Até Carter surgir em sua vida.

 Sloan é a melhor coisa que já aconteceu a Asa. E se você perguntasse ao rapaz, ele diria que também é a melhor coisa que já aconteceu a Sloan. Apesar de a garota não aprovar seu arriscado estilo de vida, Asa faz o que é preciso para permanecer sempre um passo a frente em seu negócio e proteger sua garota. Até Carter surgir em sua vida.
 
A chegada de Carter pode afetar o frágil equilíbrio que Sloan lutou tanto para conquistar, mas também pode significar sua única saída de uma situação que está ficando insustentável.

Sloan está em um relacionamento abusivo, em partes por necessidade, outras por costume. Presa em uma casa rodeaao por homens que teme, a jovem não vê saída dessa situação e desconfia de qualquer oportunidade que aparece. E não é só isso, a jovem tem uma dose de azar e sofrimento bem grande. Pais ausentes durante toda a vida, a morte de um irmão e ter que se virar sozinha durante muitos anos são algumas das barras que precisou enfrentar. Agora ela não consegue se livrar do namorado que a chantageia sem limites.

Asa, o namorado, é um traficante. Mas, este não é o problema. O homem é nojento, machista, manipulador e narcisista. Sérios problemas de comportamento que podem levar os leitores a loucura ao longo das páginas. O cara acredita fielmente que a melhor coisa em sua vida é Sloan e, na vida dela, ele é o melhor que já a aconteceu.

Já Carter é um misterioso funcionário de Asa que carrega muito mais segredos do que o casal possa imaginar. Ele é o alívio, mas ao mesmo tempo a nova tormenta na vida de Sloan. E, também vai ser o responsável por desencadear sérias crises de ciúmes por parte de Asa.

“Não tenho energia suficiente para dizer a ela que é tarde demais. Fecho os olhos pela última vez. Mas tudo bem, porque ela é tudo o que vejo. Ela é a última coisa que vou ver.”

O livro é narrado e divido pelos três protagonistas, Sloan, Asa e Carter. Assim é possível mergulhar na mente de cada um deles e entender melhor pelo o que estão passando. Mesmo assim, para mim, a melhor construção foi o Asa e toda a loucura de acreditar que faz o melhor pela Sloan.

Ok, preciso concordar que a Colleen Hoover fumou umas três drogas durante a construção do livro. Discordo de muitas coisas, mas para mim o mais difícil de engolir foi o final. O epílogo foi totalmente desnecessário e ficou parecendo que a autora não sabia como colocar um ponto final na história. O livro é péssimo? Não. É perda de tempo? Também não. Porém, não acho que seja uma leitura obrigatória para conhecer a autora, comece por outros títulos.

E você, já conhece essa obra? Qual sua opinião sobre?
Continue Lendo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luna Literária • 2017 Feito com amor por: Lariz Santana