14.1.19

Diário de uma ansiosa ou como parei de me sabotar

Júlia Raquel
Foto: Luna literária


Diário de uma ansiosa ou como parei de me sabotar
BETH EVANS
192 página
Autoajuda
Galera Record
Onde comprar? Amazon
Avaliação: 4🌟's

A vida adulta não é fácil. E quem nunca fuxicou as redes sociais de amigos bem-sucedidos, só para se comparar, e acabou se sentindo pior ainda, que atire a primeira pedra. Contando suas próprias histórias vergonhosas, e outras mais sérias como depressão e TOC, a autora consegue extrair lições valiosas, sem perder a leveza diante da seriedade de diversos assuntos.


Este livro é repleto de conselhos amigáveis sobre como cuidar de si mesmo, como procurar ajuda (não importa quais sejam seus problemas) e agarrar-se aquilo que te faz feliz – seja uma banda, seja uma maratona da Netflix. Beth Evans é uma contadora de histórias supercriativa, e seus desenhos complementam suas palavras com um humor único. Diário de uma ansiosa ou como parei de me sabotar é como um abraço do seu melhor amigo naqueles dias sofríveis. E, como melhor amigo, está aqui para dizer: 'Você consegue!'.

Que ser adulto não é lá uma tarefa muito fácil nós já estamos cansados de saber, ainda mais quem já chegou nessa fase da vida. São diversos desafios a cada ano e é preciso muita calma para não acabar se sabotando.

Os problemas estão em todos os lugares e é claro que não há uma solução que se adapte a rotina de todos nós. Essa é exatamente uma, talvez entre tantas, mensagens que a autora Beth Evans compartilha na obra “Diário de uma ansiosa e como parei de me sabotar”.

“Em um mundo onde somos ensinados a seguir outro tipo de perfeição, ver beleza. às vezes na imperfeição, é o melhor a fazer.”

Com uma escrita leve, ilustrações bem humoradas e um traço fofo, muitas páginas contam com alguma experiência da própria autora, o que nos faz dar muitas risadas, mas também refletir bastante ao longo dos capítulos.

Depressão, ansiedade, toc. São muitos os assuntos retratados na obra de uma maneira em que deixa o leitor confortável do início ao fim. Pode ir se preparando para começar a ler e quando perceber, puff, virar a última página.

Há conselhos e mais conselhos compartilhados que podem mudar o jeito que você encara os momentos negativos na vida. Vale a pena a leitura!

E ai, você ficou curioso com a leitura desse livro? Quem por ai já teve a oportunidade de lê-lo?
Continue Lendo

2 comentários:

  1. Olá!
    Acho que esse seria um autoajuda que eu iria gostar. Li "A Sutil Arte de Ligar o F*da-se" e não rolou comigo, a linguagem dele não me prendeu nem me convenceu. Já com esse eu fiquei interessada, achei intrigante a forma com que a autora aparenta tratar de assuntos sérios.
    Ótima resenha! Amo suas fotos <3.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  2. Achei muito interessante essa obra, ainda não conhecia, já coloquei na lista :)

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir

Luna Literária • ONLINE DESDE 2017 Feito com amor por: Lariz Santana