7.10.19

O casal que mora ao lado, de Shari Lapena

Júlia Raquel
Foto: Luna literária

O casal que mora ao lado
SHARI LAPENA
294 páginas
Suspense
Grupo Editorial Record
*lido pelo Kindle Unlimited

É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa, afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando.

Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta e Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Ultimamente o meu gosto por suspenses tem aumentado, então vocês imaginem só qual foi o meu entusiasmo ao ler a sinopse de “O casal que mora ao lado”. Estava certa que seria surpreendida, uma vez que adorei “Uma estranha em casa”, obra escrita pela mesma autora, Shari Lapena.

A história do livro acompanha o casal Anne e Marco, que recentemente deram à luz a primeira filha, um bebê com poucos meses. Todo o auê da obra tem início quando a vizinha Cynthia resolve fazer um jantar em comemoração ao aniversário do marido, Graham, e convida o casal de amigos, porém estabelece uma regra: nada de crianças.

A principio o casal teme em deixar a filha sozinha, mas, após insistências de Marco, resolvem a deixar com a baba eletrônica e o combinado de vir vê-la a cada 30 minutos. Isso não deveria ser um problema certo?! Afinal, eles moram na casa ao lado.

Errado! Ao voltarem para casa o pesadelo tem início: Cora, a bebê, sumiu. A partir daí você vai desconfiar de todos e descobrir muitos segredos em volta desses personagens.

“Ele vai descobrir tudo. A verdade está por aí. Sempre está. Basta encontrá-la”.

Bom, as coisas não foram como eu imaginei. O livro me prendeu de cara, não conseguia largar até descobrir todos os desdobramentos. Mas, os capítulos finais decepcionam. Reviravoltas e mais reviravoltas desnecessárias. Todo o êxtase se desvai ao descobrirmos as verdadeiras intenções de alguns personagens.

Resumindo, e sem mais críticas, é um bom suspense, possui uma leitura fluída e simples, prende o leitor e transmite aquela sensação de querer mais. Porém, o final é uma bosta. Vale a leitura? Com certeza! Aquela coisa, cada leitor possui a própria opinião e o que pode não ter sido uma experiência boa para mim – neste caso eu diria uns 65% bom –, para você pode ser incrível.

Mas, agora deixa de papo por aqui, vamos aos comentários, vocês que já conhecem essa história, concordam ou discordam dessa opinião?

Continue Lendo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luna Literária • ONLINE DESDE 2017 Feito com amor por: Lariz Santana