09 junho 2020

Resenha: O verão que mudou a minha vida, de Jenny Han


Resenha o verão que mudou a minha vida
Foto: Luna literária





O verão que mudou a minha vida
JENNY HAN
240 páginas
Jovem adulto
Editora Intrínseca
A vida de Isabel Conklin é marcada pelas férias de verão. As outras estações do ano são comoum intervalo, dias que passam lentamente enquanto ela espera que o sol lhe traga de volta o que mais ama: o mar, descanso, diversão e, principalmente, Conrad e Jeremiah Fisher.
Os garotos da família Fisher sempre estiveram ao lado de Belly em suas aventuras. Conrad é ousado, sombrio, inteligente. Já Jeremiah, é confiável, engraçado, espontâneo. Mesmo sendo tão diferentes, os três constroem uma amizade que parece inabalável. Apenas parece...
Tudo muda quando, em uma dessas férias, Conrad demonstra sentir algo por ela. O problema é que Jeremiah faz o mesmo. À medida que os anos passam, Belly sabe que precisará escolher entre os dois e encarar o inevitável: ela vai partir o coração de um deles.
Belly passa todo o ano contando os dias para as férias de verão. A vida dela gira em torno disso e não é novidade para ninguém como ela ama Cousins Beach. Esse sentimento não é recente, nos últimos anos a jovem tem passado a estação mais quente do ano na casa de praia de Susannah, a melhor amiga de sua mãe, e seus dois filhos, Jerimiah e Conrad.
Mais do que amigos ou simples vizinhos de quarto, os garotos se tornaram o centro das emoções de Belly e será muito difícil ter que dizer adeus, já que no ano seguinte cada um seguirá para um rumo diferente e este pode ser o último verão em que todos estarão reunidos.
Entre mergulhos na piscina, voltinhas no centro e sol na praia, todos eles precisarão enfrentar os próprios sentimentos e descobrir que a vida pode ser muito mais complexa do que parece.
“Os momentos quando passam, não podem ser recuperados. Eles simplesmente passam”.
Eu iniciei essa leitura com muita expectativa de me apaixonar pela história e foi exatamente isso que aconteceu. “O verão que mudou a minha vida” é o tipo de livro que se transforma em uma surpresa mega agradável.
A escrita e diálogos gostosos de Jenny Han, já conhecidos anteriormente com a trilogia de “Para todos os garotos que já amei”, estão presente e logo, com uma narrativa alternando entre passado e futuro, fazem com que você chegue ao último capítulo da obra, sem ao menos perceber.
Alguns conflitos da era adolescente também estão ali, como por exemplo, em minha interpretação, uma jovem se descobrindo. Não apenas com o amor, mas principalmente a si mesma. Neste verão ela percebe que está deixando a infância para trás e como sentimentos antes desconexos, podem se transformar em algo tão claro e intenso.
Fato é, a história consegue cativar quem está com a idade dos personagens, justamente pela identificação com os conflitos ali inseridos, e também quem já passou por essa fase, relembrando com doçura as cenas da vida.
Esse livro é um verdadeiro amor de verão (#aigabisóquemviveusabe rs), mas diferente da vida real, ele deixa brechas para um reencontro não tão distante com uma sequência tão gostosa quanto.
E ai, ficou interessado? Amanhã eu trago aqui a resenha da continuação dessa história.
Quem já leu, também curtiu a leitura?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luna Literária • ONLINE DESDE 2016 Feito com amor por: Lariz Santana