21.2.18

Uma janela na praia, de E. Samuel

Júlia Raquel
Uma janela na praia | E. Samuel | 241 páginas | Gênero young adult | Autora independente | Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟 | Compre o e-book

Uma janela na praia insere o leitor no mundo das férias, praias, amizades e claro, muito romance. É nesse contexto que conhecemos Carolina, uma menina como outra qualquer, pronta para desbravar a adolescência e certa de que quem manda no próprio coração é ela mesma.

Tudo isso está indo como o planejado até ela e as amigas conhecerem alguns garotos mais novos, e um deles abalar todas as suas estruturas. Mas, como seria possível apaixonar-se logo por um pirralho? A temporada de férias vai passando e elas ficando cada vez mais ligadas aos meninos do prédio ao lado.

Muita confusão, desentendimento e insegurança recheiam as páginas do livro e as aventuras desses adolescentes. Em uma época onde a troca de mensagens ainda não estava no auge, o jeito era esperar o próximo feriado para curtir a praia e conseguir falar com os amigos. Mas, o que fazer quando a cada encontro o garoto dos seus sonhos está e a trata diferente? Carolina precisa descobrir o que fazer, se joga a real ou pula fora.

“Por que as coisas precisavam ser tão complicadas? Não dava para a gente ser simplesmente o que era e pronto?”.

A escrita da Elaine é muito boa e envolvente, tanto que li o e-book rapidinho, em menos de dois dias. O mais engraçado é que me vi em diversas ações das meninas ao longo do livro, então essa conexão com as personagens foi bem forte.

Vale ressaltar que o final pode não vir a agradar a todos, mas preste atenção na verdadeira mensagem por trás das estrelinhas. Precisamos pensar mais em nós mesmas e fazermos a nossa própria felicidade. Isso é de extrema importância.

“Eu não sabia o que o futuro reservava para nós dois. Talvez nada. Mas, sabia o que o futuro reservava para mim: uma vida inteira pela frente”.

Se você está atrás de uma leitura leve, divertida e com aquele ar de romance, Uma janela na praia é a obra certa para isso. Obra recomendada!

E ai, ficou curioso com esse livro?
Continue Lendo
16.2.18

Novidades literárias: The Books Editora

Júlia Raquel
Olá pessoal, tudo bem? A postagem de hoje será sobre os livros que mais estou curiosa para ler da editora The books. Recentemente o blog conseguiu parceria, então será comum ver novas postagens  e novidades sobre essas obras. Confira as minhas listas:


Para sempre Lara: Lara e suas amigas estavam empolgadas com a viagem para conhecer os Alpes suíços, esquiar e voltar para casa com muitas histórias para contar. Mais do que tudo, Lara iria finalmente conhecer o lendário Lago Blausee, cenário de uma lenda que sua mãe contava para ela desde a infância. É em meio à neve, cachecóis, bosques e danças típicas que ela conhece Christer, o herdeiro do trono de Nobia, que precisa se casar para assumir seu lugar de direito. No entanto, não estava em seus planos e de sua família que ele se apaixonasse por uma plebeia. Agora eles irão descobrir se a lenda de Blausee era mesmo real. Tudo indica que sim, porém, com um final um pouquinho diferente. | Saiba mais


O bosque de faias: Joana é uma jovem francesa criada no seio de uma família pertencente à burguesia do século XIX. Ela luta pelo seu direito de liberdade; no entanto, em uma época em que os pais ditavam as regras e firmavam acordos nupciais unicamente baseados em dotes e interesses, ela precisará usar de toda a sua força e rebeldia para alcançar o que quer. | Saiba mais






Violet: ela só queria fugir do seu passado e recomeçar uma nova vida. Os ventos do destino a levaram para o coração de uma cidadezinha pitoresca chamada Holambra, onde a esperança tem cheiro de flores. Ele é um viúvo que perdeu o seu grande amor, vivia apenas por sua filha e tinha perdido a fé em recomeços. Duas histórias que se encontram. Dois corações marcados por dores. Seriam eles capazes de enxergar os planos do destino para suas vidas? O perdão é a chave, a esperança é a porta. Será que eles estariam prontos para atravessar juntos? | Pré-venda em breve




Daydream: após um trágico e traumático acidente de trânsito, por ele mesmo causado, John Fisher desperta no hospital e se depara com uma realidade diferente... A mulher de sua vida, Allie, não fazia mais parte do seu presente. Aquilo o arrasa por completo. Narrado em primeira pessoa, John Fisher conta sua história de amor, sucesso e períodos depressivos depois da perda da Allie. Ela pairava sobre suas obras como uma figura onipresente que parecia querer destruir qualquer possibilidade de felicidade, até aquela noite... Três anos depois do cruel destino, John encontra uma “nova Allie”. Seus caminhos se cruzam por acaso, e aquela paz, dificilmente conquistada por John, se vê ameaçada. Ele acredita que o amor pode derrotá-lo, e a “nova Allie” crê na força do destino, mesmo sem se lembrar de um passado que rompeu sua jornada inicial. O amor pode realmente curar um coração partido? Será que John aceitará a nova Allie que tem agora em sua vida? O amor está presente em todas as partes desta história. Suas consequências, também. O que se inicia como um dia comum acaba por levar o protagonista à busca por reacender a chama apagada pela dor. | Pré-venda em breve

Além desses livros, a editora também está com uma grande novidade, o Club The Books. Nele há duas opções de caixas recheadas de itens. Os pedidos devem ser realizados entre todo o dia primeiro do mês ao dia 15, no site da editora.

Caixa The book delicate:
  • Um livro,
  • Marcadores,
  • Não perturbe,
  • Almofada,
  • Ecobag
  • Brinde surpresa.


Caixa The books big:

  • Um livro,
  • Marcadores,
  • Não perturbe,
  • Cartão postal,
  • Brinde exclusivo The books,
  • Almofada exclusiva do livro,
  • Seis brindes surpresas.

Essas são as novidades que estou mais curiosa para ter em mãos. Assim que isso acontecer, você já sabe, terá resenha por aqui. E ai, ficou interessado em alguma dessas obras?
Continue Lendo
15.2.18

Trilogia Dark paradise, de Juliana Dantas

Júlia Raquel
Em janeiro resolvi dar continuidade ao meu projeto Ler independentes e comecei a trilogia “Dark Paradise” da autora Juliana Dantas. A estória já conseguiu me envolver logo no primeiro volume, Longe do paraíso, e fez com que devorasse as obras em três dias. Como os livros abordam a trajetória do mesmo casal, resolvi unifica-los em uma só resenha. Espero que gostem!

Trilogia Dark Paradise | Juliana Dantas | 954 páginas | Gênero romance / adulto | Autor independente | Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟 | Compre o e-book


Mia é uma garota de 17 anos como outra qualquer. Tímida, meio calada e com o sonho de entrar na Universidade de Yale. Os 18 anos estão batendo na porta e ela contando os segundos para isso. Mas, o que a jovem não esperava era ter a vida virada de ponta cabeça da noite para o dia.

O pai de Mia está sendo acusado de roubar milhões da empresa onde trabalha, a Constantini. Sabendo que tudo pode piorar em uma estória, durante uma fuga, o helicóptero em que ele estava caiu e as sequelas desse acidente foram o coma.

Agora, o dono da empresa está disposto a tirar tudo de Mia e sua mãe, para que possa restabelecer os próprios negócios. O problema é que nem uma ou outra sabe onde está todo esse dinheiro e a única solução é um casamento às pressas, para assim o milionário Constantini conseguir receber uma boa herança antes do prazo.

Lukas Constantini foi um péssimo adolescente e ao entrar na fase adulta nada melhorou. O garoto só dava problemas e a mãe, antes de falecer, resolveu tomar uma medida extrema. Deixou um testamento bem gordo, mas que só poderia ser acessado quando ele completasse os 30 anos ou casasse. Após a morte da matriarca o jovem tomou as rédeas da vida e resolveu assumir a empresa da família. Tudo estava indo bem, até agora.

É em uma medida estrema que Lukas e Mia resolvem casar. Não há amor, carinho ou paixão. Apenas um contrato para beneficiar ambos. Mia e a família estariam livres de denuncias ou processos e Lukas teria a herança, conseguindo reerguer a empresa. Dois atores atuando em seus respectivos papéis, apenas duas assinaturas em um contrato.

Porém, o que pode acontecer quando sentimentos não programados se tornam grandes demais para serem controlados? Era apenas um contrato, mas se transformou em uma dolorosa e irresistível história de amor.

Mia e Lukas são um eterno vai e vem. A garota tem certeza que ele nunca irá nutrir sentimentos por ela, já o empresário acredita ser totalmente errado querer ter algo com Mia, afinal, ele a envolveu nesse casamento por cinco anos.  Por isso, o jovem vive entrando em relacionamentos de uma noite, para tentar esquecer a esposa.

A jovem foi para a faculdade e para tentar esquecer mais uma de tantas brigas, acaba afundando os problemas nas drogas. Este é um de tantos problemas que vemos ao longo das páginas.

Mas, ao fim do terceiro volume, temos diversas surpresas. Como amei o desfecho desse casal. Além disso, a trilogia completa vem com um capítulo extra de natal. Tudo muito lindo! Simplesmente adorei a ideia da autora.

A escrita da Juliana é totalmente envolvente, tanto que finalizei a leitura dos três volumes em menos de 72 horas. No começo achei meio bizarro toda à situação em que a Mia se meteu e ainda mais como ela apaixonou-se por Lukas. Porém, no segundo volume, quando ela já está mais velha, a ideia foi ficando ok. No fim das contas já estava torcendo pelo casal e revirando os olhos quando algo dava errado entre eles.

Preciso ressaltar que há cenas de sexo, é um romance com algumas partes mais picantes. Então, se você não curte esse tipo de leitura, pode passar. Para quem quer se aventurar, é uma ótima opção, pois não é tão pesado e não são tantas cenas assim. Adorei e já irei procurar mais livros da autora.

A trilogia está disponível por meio do Kindle Unlimited e os preços dos e-books também são bem acessíveis. Obra recomendada!

E ai, ficou curioso com esse enredo?
Continue Lendo
14.2.18

5 motivos para assistir: The good doctor

Júlia Raquel
Ano passado eu comecei a me aventurar novamente pelo mundo das séries e entre tantas descobertas estava The good doctor. Criada por David Shore, de House, a fantástica produção vai abordar o dia a dia do jovem cirurgião Shaun Murphy, interpretado por Freddie Highmore de Bates Motel,  que sofre de autismo e síndrome de Savant. Mesmo provando diariamente a própria capacidade para estar ali atuando, ele também precisa enfrentar desafios e preconceitos. Confira mais cinco motivos para assistir o seriado.

Motivo um Freddie Highmore mais uma vez mostra para o que veio. Assim como no papel de Norman, em Bates Motel, o ator mostra a capacidade de mergulhar de cabeça em uma atuação complexa. O sofrimento, a dificuldade e até mesmo o gostinho da descoberta são visíveis em todas as expressões corporais e visuais do profissional. A interpretação perfeita de Highmore é de emocionar.

Motivo dois a abordagem do autismo é explorada da maneira correta, com respeito e mostra como o personagem aos poucos vai evoluindo os relacionamento com os colegas e pacientes. Os produtores estão acertando em cheio, pois profissionais da área e até a crítica já elogiaram este ponto.

Motivo três seria impossível não citar isso, mas The good doctor é do mesmo criador da já aclamada série médica House. Unindo isso a uma equipe maravilhosa de atores, já sabemos que uma ótima produção seria feita.

Motivo quatro a série não aborda apenas o autismo. Há diversos arcos espalhados pela trama, pois todos os personagens possuem suas próprias histórias e problemas. Ou seja, a produção não depende unicamente de Shaun Murphy.

Motivo cinco somos expostos a todos os pensamentos do personagem principal. Não é confuso ou estranho como ele chega as respostas, pois é possível acompanhar cada linha que o levou até lá por meio de ilustrações e gráficos em movimento. 

The good doctor faz o telespectador rir, chorar, aprender mais sobre questões médicas e a ter esperança. A série possui um ótimo equilíbrio, tornando possível agradar diversos gostos. Recomendada!
Continue Lendo
11.2.18

Não olhe!, de FML Pepper

Júlia Raquel
Quando finalizei a leitura do volume anterior, Não pare!, pensei uau, que reviravolta! Com certeza essa sequência será maravilhosa, só que não foi bem assim o que aconteceu.


Não olhe! | FML Pepper | 352 páginas | Gênero fantasia | Editora Valentina | Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟 | Leia a resenha o primeiro volume | Compre o livro

"Para me sentir viva, tudo o que eu mais desejava era estar nos braços da minha Morte.”

Nina finalmente conhece Zyrk, a dimensão que tanto ouviu falar. Ela acorda entre a vida e a morte, sem entender o que está fazendo ali e, para sua decepção, o lugar não é nada agradável.

A sociedade é totalmente sem emoções, perigosa e preciso dizer muito machista. Neste lugar as mulheres não tem voz e com a protagonista não seria diferente. Como se isso não bastasse, a garota não sabe em quem realmente confiar, ainda mais depois de uma suposta traição por parte de Richard.

Parte da população a vê como uma aberração e poucos a enxergam como milagre. Nina será a destruição ou a salvação de Zyrk? Acontecimentos perturbadores preenchem as páginas e são exatamente estes que a ajudam a fugir. A partir daí é uma corrida contra o tempo para retomar para a casa. O problema é, onde está essa casa? A jovem precisa encontrar a o próprio caminho e sua identidade.

Richard está ainda mais confuso do que no volume anterior. O resgatador não sabe como expressar o que exatamente está sentindo. Mas, uma coisa tem certeza, precisa proteger a garota e deixar esse sentimento bem escondido de seus inimigos. Mesmo o melhor dos guerreiros, o mais temido e destemido, está protegido da força de um grande amor?

A escrita da autora não é ruim e chega até ser envolvente em alguns acontecimentos. O problema é a grande repetição de fatos. Diálogos e mais diálogos se repetiam ao longo das páginas, chegando um momento em que eu apenas pulava as falas. Essa questão foi a que mais pesou. Além disso, também achei todo esse mundo um tanto quanto complicado e com algumas, para não dizer várias, pontas soltas.

Para mim foi dificílimo finalizar essa leitura. Eu li até a metade do livro, gostando bastante do começo, mas percebendo como a estória estava decaindo ao passar dos capítulos. Quando cheguei aos 50%, resolvi parar. Só retomei três meses depois e continuou sendo ruim. Terminei todas as páginas, pois uma de minhas metas para 2018 é não abandonar estórias. Porém, aqui entre nós, não sei se irei finalizar a trilogia.

E ai, ficou curioso com esse enredo? Você que já leu, tem uma opinião diferente da minha? 😁
Continue Lendo
10.2.18

Frases e trechos: A herdeira

Júlia Raquel
Olá pessoa! Continuando com as postagens de frases e trechos da série A seleção, hoje é dia de conhecermos os meus favoritos de A herdeira.

A herdeira | Kiera Cass | 390 páginas | Gênero Young adult | Editora Seguinte | Leia a resenha | Compre o livro

“Desejo que você encontre o amor. Um amor inconsequente, incansável, que a consuma.”

"Não sei se alguém sabe o que procura até encontrar."

“Não sou tão boa quanto outras garotas em mostrar minhas emoções. Passo a impressão de não me importar com nada, mesmo quando me importo. Gosto de guardar as coisas para mim. Sei que parece ruim, mas é verdade.”

“Gosto de você. Por ser sempre você mesma, não importa o custo disso.”

“Há uma coisa que consegui fazer em sete minutos que a maioria das pessoas consideraria bem impressionante: me tornar rainha.”

“Não sei ao certo se acredito em destino. Mas posso dizer que às vezes aquilo que você mais deseja vai cruzar sua porta determinado a te evitar a qualquer custo. E, ainda assim, de algum jeito, você descobre que é suficiente para fazê-lo ficar.”

“Você pode ser corajosa e ainda ser feminina. Pode liderar e ainda gostar de flores.”


E ai, esses trechos deixaram você curioso com a leitura?
Continue Lendo
9.2.18

Conquistada até terça, de Catherine Bybee

Júlia Raquel
Conquistada até terça é o quinto volume da série Noivas da semana e dessa vez vai abordar o romance entre Rick Evans e Judy Gardner. Mais uma vez a autora Catherine Bybee soube encontrar o ponto certo entre romance, suspense e ação.

Conquistada até terça | Catherine Bybee | 289 páginas | Gênero romance | Editora Verus | Avaliação:  | Leia as outras resenhas da série | Compre o livro

“Eu não me importo de bancar o herói para você. O resto do mundo que se dane.”

Judy é a irmã de um astro de Hollywood, Michael Wolfe, e logo após terminar a faculdade, decide ir morar na casa do irmão em Los Angeles. Ela está sedenta por um futuro brilhante e não vê a hora de conseguir um emprego na área de arquitetura. Por isso, a jovem não quer se envolver com homem nenhum, ainda mais Rick, que possui a encrenca no sobrenome.

Rick Evans é o típico homem que por onde passa chama a atenção e não teria se quer uma dificuldade em conquistar a mulher desejada. Mas, o destino brinca com ele e a única garota para quem tem olhos, não o quer. Desde o último encontro lá em Utah –  no livro anterior –, o ex militar não consegue tirar Judy dos pensamentos.

Como se todas essas incertezas não bastassem, Judy é colocada em perigo e vai precisar da vigilância constante do cara por quem está apaixonada. Rick, por sua vez, não medirá esforços para conquistar a confiança e ter certeza que a mulher da sua vida está a salvo.

Ao ler a sinopse você pode ficar receoso com as semelhanças entre este e o terceiro volume da série. Porém o comum está apenas na relação guarda costa e clientes. Todo o restante é diferente e posso afirmar que ainda mais emocionante.

O casal é o que teve mais química até o momento. Sim, mais que Eliza e Carter, os meus favoritos até então. Rick foi o alívio cômico em várias cenas e me fez dar boas gargalhadas com diálogos provocantes e bem humorados. Judy, por sua vez, mostrou ser uma garota forte, sabe o que quer e muito, mas muito, corajosa.

A escrita da autora me deixou sem fôlego em diversos momentos e na maioria das vezes não consegui largar a leitura. Com capítulos leves, gostosos e outros emocionantes, Catheryne Bybee conseguiu, mais uma vez, nos entregar uma estória deliciosa.

Não vejo a hora de iniciar a sequência que promete abordar um relacionamento envolvendo a Meg, a amiga e colega de quarto de Judy.

E ai, ficou curioso com esse enredo?
Continue Lendo
Luna Literária • 2017 Ilustração: Matheus Izaldo | Feito com amor por: Lariz Santana